Planejamento estratégico: você sabe o que é Balanced Scorecard?

Você já parou para pensar onde sua empresa quer chegar daqui a alguns anos? Já estabeleceu a visão de futuro que deseja alcançar? E já analisou o quanto as tarefas realizadas hoje por você e sua equipe impactam nessa visão?

Todos estes pontos precisam ser pensados, para que a empresa cresça, aumente sua visibilidade, carteira de cliente e seus lucros…   Leia nosso post Você sabe onde sua empresa quer chegar?, ele pode te ajudar a pensar nessas questões.

E para chegar lá, a empresa deve possuir um planejamento com objetivos e estratégias estabelecidos, além de ter a equipe alinhada a eles.

Você já ouviu falar do Balanced Scorecard (também chamado de BSC)? No nosso post de hoje, eu vou falar o que é esta ferramenta e como ela pode te ajudar.

O Balanced Scorecard é um modelo de gestão do planejamento estratégico da empresa, que consiste em entender os objetivos e definir as iniciativas necessárias para atingi-los, utilizando indicadores para monitorar se as ações e projetos da empresa estão obtendo o resultado esperado.

Inicialmente, a empresa deve realizar o planejamento estratégico pois ele é a base da implantação do BSC. Vamos às etapas:

A Missão é o motivo pelo qual a empresa existe, a Visão é o que se espera do futuro dela (com período de tempo definido) e os Valores são os ideais e comportamentos que norteiam o trabalho.

É necessário que a equipe tenha conhecimento disso, pois estes três itens devem refletir nas atitudes e nas tarefas realizadas por cada um.

A análise dos pontos fortes e fracos da organização, além dos fatores externos, interpretados como ameaças e oportunidades, pode ser feita pela Análise SWOT (será abordado em outro artigo do nosso blog). É importante estabelecer estratégias pensando em minimizar o que está “atrapalhando” o crescimento da empresa, bem como fortalecer o que já existe de positivo. 📈

Com os passos anteriores definidos, os administradores conseguem estabelecer os objetivos, onde se quer chegar, e as metas, que de forma quantitativa e com período estabelecido, são as etapas necessárias para atingir o objetivo. E quem não gosta da sensação de uma meta batida?🥰

Por fim, chegamos nas estratégias, e você já possui todas as informações necessárias para criá-las, com foco nos seus objetivos, utilizando-se de seus pontos fortes e suas oportunidades para minimizar riscos e pontos fracos, pois é um sistema interligado.

Mas então você me pergunta, onde entra o BSC nessa história?! O Balanced Scorecard organiza suas estratégias, como eu citei anteriormente, ele utiliza indicadores de desempenho para monitorar se os objetivos estão sendo atingidos, analisando-os através de quatro perspectivas:

– Perspectiva Financeira: são monitorados os indicadores com foco em obter o resultado financeiro esperado, seja pelos sócios, acionistas e/ou dirigentes. Todos nós queremos empresas rentáveis, correto? Como, por exemplo: Aumento de Receita, Aumento do Índice de Lucratividade, ROI, entre muitos outros; 🤑

– Perspectiva de Clientes: este item é, com certeza, o mais importante, pois nenhuma empresa sobrevive sem clientes. É necessário que se analise pelo ponto de vista deles, os produtos e serviços ofertados devem atingir o máximo de suas expectativas.

Além disso, a empresa deve ter foco também em torná-los fiéis aos produtos e serviços oferecidos. Exemplos: Índice de satisfação, resultado da entrada e saídas de clientes, monitoramento da gestão de reclamação; 🤝

– Perspectivas de Processos Internos: todas as perspectivas influenciam nas demais e a qualidade do produto ou serviço prestado não poderia ser deixada de lado. É seu papel garantir que todas as saídas da empresa para o cliente estejam conformes, entregues no menor tempo e com qualidade.

Também é importante analisar a necessidade de mudança nos processos realizados ou de criar/extinguir processos. Indicadores utilizados nesta perspectiva: Produtividade, Compliance, Não Conformidades, agilidade no atendimento; 💻

– Perspectiva de Aprendizado e Crescimento: esta última, mas não menos importante, diz respeito a buscar uma forma de fazer com que a sua equipe de hoje ainda será capaz de realizar seu trabalho no futuro. Além do mais, nada acontece sem pessoas.

E sabemos que a Legislação muda, tecnologias e inovações surgem a cada dia e todos os membros do seu elenco precisam estar em constante evolução e crescimento. Monitoramentos aplicáveis: Capacitação da Equipe, Sistema de Gestão da Qualidade, Clima Organizacional. 📊

Para finalizar a implantação do BSC, a equipe precisa conhecer e se engajar junto com a Direção da empresa. Para fazer tudo acontecer, um bom subsídio é recorrer a algum elemento visual.

Crie um Mapa Estratégico do Balanced Scorecard, nele você organiza os objetivos, projetos e ações para cada perspectiva. Uma simples tabela no Excel pode ajudar.

Consulte-nos, ficaremos felizes em poder ajudar! Por fim, não deixe de monitorar todos os indicadores com uma frequência regular e defina os responsáveis.

Gostou deste post? Deixe seu comentário ou compartilhe sua experiência conosco. 😉

Redação por: Caroline Morais, processo Contábil da Mazzola Contabilidade. Graduação em Ciências Contábeis pelo Anchieta. Revisão por: Pedro Paulo Gomes Ribeiro, processo Administração de Pessoal da Mazzola Contabilidade. Bacharel em Linguística, com especialização em Português e Espanhol pela Universidade de São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.