“Inbound Marketing”? O que significa isso?

Vem comigo que hoje eu vou te ajudar a entender o que é esse tal de ‘’Inbound Marketing’’ e como ele pode te ajudar a conquistar mais clientes e consumidores investindo menos em propagandas! Mas como assim? Isso é possível?

Vem que eu te conto!

Inbound Marketing, no português ‘’marketing de entrada’’, é uma estratégia do marketing focada em atrair, converter e encantar clientes, isso mesmo, uma estratégia! E é claro que você consegue usar!

O Marketing de atração foge do conceito tradicional de publicidade e tem o objetivo de gerar uma conexão maior com o publico alvo por meio de 3 pilares:

  • Marketing de Conteúdo
  • SEO
  • Estratégias em redes sociais

Todos nós sabemos que estamos constantemente em evolução e transformação dos nossos meios de comunicação, juntamente com isso, surgem novas visões e novas abordagens mais atuais pra conquistar o público alvo e é muito importante que estejamos atentos e alinhados com elas.

A ideia é a seguinte: primeiro você mostra o seu valor e só depois passa a oferecer seus produtos e soluções.

A internet já está um pouco cansada da forma padrão como todos estão divulgando seus produtos e serviços, é preciso muito mais para conquistar de fato o seu público alvo. As pessoas precisam acreditar e confiar que o que você tem pra oferecer é realmente relevante na vida dela. E para demonstrar isso utilizamos técnicas como a do Inbound Marketing.

A estratégia é dividida em fases e vamos conhecer cada uma delas e como você pode aplicar no seu negócio.

1ª FASE – FUNIL DE VENDAS (Topo do funil)

Nessa primeira fase o objetivo principal será conquistar a confiança do seu público-alvo.

E como fazer isso?

Criando conteúdo que prove por A + B que a sua empresa ou o seu serviço tem tudo para facilitar a vida do seu cliente potencial.  Esse conteúdo pode ser divulgado por exemplo: via blog, newsletters e redes sociais.

Você deve criar conteúdos que serão aparentemente sem compromisso de conversão para vendas, que abordem temas que, até então, são dúvidas que passam pela cabeça do seu público-alvo.

2ª FASE – FUNIL DE VENDAS (Meio do funil)

Nessa segunda fase iremos aumentar a relevância o valor percebido pelo seu cliente potencial, transformando esses conteúdos em oportunidades de vendas. Agora vamos afunilar um pouco mais, aproximando o seu cliente de uma mensagem que tenha um pouco mais de intenção de conversão, oferecendo nas entrelinhas o seu produto ou serviço.

A ideia é que na 2ª fase você crie conteúdos que induzam e/ou levantem questionamentos no seu público-alvo e que a resposta deles seja o seu produto ou serviço.

3ª FASE – FUNIL DE VENDAS (Fundo do funil)

Depois de aplicada a primeira e a segunda fase, o seu cliente já tem certeza que aquele produto ou serviço atende às necessidades e vai facilitar a vida dele.

Porém, ainda surge uma dúvida: qual empresa devo escolher?

E é aí que você entra com estratégias para demonstrar o porquê você se destaca da sua concorrência. Essa estratégia pode ser materializada em forma de conteúdos explicando a funcionalidade do seu produto/serviço, depoimentos de clientes, comparativos de mercado e etc.

Mostre para o seu cliente qual o seu diferencial!

Nessa última fase também entraremos exatamente na estratégia de provar o valor da sua empresa ou serviço pro cliente através de uma proposta de venda atrativa. Mas cuidado! O que essa fase tem de importante, também pode ser uma cilada! Você deve ir com cautela e não utilizar propostas muito invasivas, use a sutileza.

Percebe que até pouco tempo atrás a principal forma de abordagem das empresas era utilizando essa 3ª fase, mas de forma direta? Porém, hoje já não funciona mais pois é necessário, primeiramente, que conquistemos a confiança do nosso cliente mostrando nosso valor e nossa autoridade no assunto e só então apresentamos o produto/serviço que oferecemos.

No texto de hoje trouxe um pouquinho sobre esse tema que está tão em alta, e agora que você já sabe o que é e como aplicar, não perca tempo! Estude, se aprofunde e invista no ‘’Inbound Marketing’’ da sua empresa e qualquer dúvida, estamos à sua disposição. Espero que esse conteúdo tenha te ajudado de alguma forma, deixe seu comentário e vamos juntos em busca do sucesso.

Redação por: Juliana Marinho Farias, processo Fiscal da Mazzola Contabilidade. Graduação em Ciências Contábeis pela Estácio.
Revisão por: Cíntia Calixto, processo Administração de Pessoal da Mazzola Contabilidade. Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos, pela Faculdade Anhanguera de Jundiaí

6 dicas de como fazer uma pesquisa de satisfação ao cliente

“A pesquisa é o desenvolvimento da curiosidade e do conhecimento com propósitos definidos” – Wigton Gerald

No âmbito empresarial, é essencial realizar pesquisas dentro de uma empresa para determinar o sucesso ou fracasso de um negócio. Afinal, uma pesquisa bem elaborada pode ajudar os empresários a saber se estão na direção certa, ou até mesmo descobrir qual direção seguir, qual decisão tomar, o que você pode melhorar e/ou aperfeiçoar dentro da organização, conhecer mais sobre o seu mercado de atuação, entre outros.

No marketing, atualmente existem diversos tipos de pesquisas, como a de mercado, e a de satisfação, que será a abordada deste texto.

pesquisa de satisfação nada mais é do que uma ferramenta utilizada para receber o feedback dos seus clientes e medir o nível de satisfação deles com relação a sua empresa e seu produto/serviço. Esse tipo de pesquisa tem como principal objetivo aprender mais sobre o seu público e aumentar o nível de satisfação deles, visando a fidelização deles.

Mas aí você deve estar se questionando: “Qual a importância dessa pesquisa para o meu negócio?”

Ao realizá-la, além de você conseguir visualizar o nível de satisfação geral dos seus clientes, consegue também identificar suas forçassuas falhas (que precisam de atenção e serem corrigidas, ou podem se tornar uma grande ameaça) e oportunidades que podem ser aproveitadas.

Todas essas informações, extremamente importantes para o seu negócio, são obtidas através da coleta de resposta dos seus consumidores, que darão a opinião deles, deixando sugestões, reclamações e até mesmo elogios.

Confira abaixo alguns dos benefícios de realizar a pesquisa de satisfação:

  • Amplia a visão de mercado e negócio;
  • Permite corrigir falhas e fraquezas;
  • Aumenta a fidelização dos clientes;
  • Permite um conhecimento mais aprofundado sobre o seu público;
  • Ajuda na tomada de decisões;
  • Melhora na comunicação;
  • Aperfeiçoamento no atendimento ao cliente;
  • Possibilidade de construção de um relacionamento forte com o seu consumidor;
  • Identificação de oportunidades;
  • Aprimoramento nos processos internos etc.

– Vamos colocar em prática?

Para te ajudar, separei 6 dicas de como fazer uma pesquisa de satisfação ao cliente! Confira abaixo:

  1. Definição do objetivo/problema: 

Para que seja feita uma boa pesquisa, e que ela seja assertiva e eficiente, é preciso planejar. Por isso, a primeira etapa consiste em definir qual o objetivo. Por qual motivo você está realizando a pesquisa? O que pretende descobrir com ela? Quais problemas quer solucionar?

Com essa informação bem definida, as próximas etapas serão mais fáceis. Além disso, isso irá evitar que a pesquisa perca seu foco e que você colete informações que serão irrelevantes.

2. Escolha da amostra:

Para realizar uma pesquisa, não é necessário entrevistar todos os seus consumidores. Por isso, definimos uma amostra para aplicar a pesquisa. A amostra nada mais é do que uma parcela de pessoas que irá representar todo o seu público. Nesta etapa, você irá definir quem serão as pessoas que irão responder o questionário.

3. Escolher o canal mais adequado para a realização da pesquisa:

Agora que você já tem o público-alvo da pesquisa definido, é hora de escolher o canal mais adequado para aplicar o questionário. Existem diversos canais para aplicação de questionários. Eles podem ser aplicados de forma impressa, ou digital, através da criação de um formulário digital. E ser enviado através de ferramentas como e-mail, telefone, WhatsApp e redes sociais, por exemplo. Tudo depende do seu tipo de negócio e do seu público-alvo.

4. Definição e elaboração do questionário:

O próximo passo é a definição e elaboração do questionário. Nesta etapa é preciso definir: quantas perguntas terão? Quais e como serão essas perguntas? As perguntas serão qualitativas (busca medir impressões, opiniões ou ponto de vista) ou quantitativas (coleta de dados concretos e que possam ser estruturados e estatísticos, ou seja, números)? Ou podem ser ambos? As perguntas serão abertas (a pergunta é respondida com as próprias palavras da pessoa) ou fechadas (é formada por opções de resposta já preenchidas para o respondente escolher)?

Além disso, é importante ressaltar que as perguntas precisam ser claras, objetivas, e precisam estar alinhadas com o objetivo da sua pesquisa, de forma que não gere dúvidas no público entrevistado.

  • Aplicação da pesquisa:

Com o questionário pronto, é hora de colocar a mão na massa, e aplicar a pesquisa com o seu público. Estipule um período que será realizada essa coleta de dados (2 semanas, 1 mês etc.). É comum que seja montado um time de pessoas que farão parte da aplicação da pesquisa, dependendo da quantidade de pessoas a serem entrevistadas. Por isso, escolha essas pessoas que irão ajudar nessa etapa, e parta para a prática. Entre em contato com os seus clientes, divulgue a pesquisa e colete o maior número de respostas possíveis. É muito importante ressaltar a importância da participação deles!

  • Análise dos dados coletados:

Após coletar todas as respostas necessárias, é hora de analisar as informações. Primeiramente, é preciso pegar todos os dados coletados e separar em gráficos, para ficar mais fácil de visualizar. Após feito isso, é hora de analisar as respostas. A partir da análise, você irá conseguir tomar ações para a empresa, solucionar problemas, caso apareça algum, e até aperfeiçoar pontos apresentados na pesquisa.

DICA BÔNUS: Deixo aqui uma dica bônus de como você pode elaborar seu questionário digitalmente: através do Google Forms. É uma ferramenta gratuita do Google que você consegue elaborar formulários/questionários, e com a vantagem de que as respostas são mensuradas automaticamente através de gráficos.

Podemos concluir que, a pesquisa de satisfação é como um canal de comunicação direto, além de ser uma ferramenta de relacionamento, entre a empresa e consumidor.

Gosto sempre de frisar que, não importa o tamanho do seu negócio, fazer esse tipo de pesquisa, ou até mesmo outros tipos, é sempre uma ótima decisão. Ao realizá-la, sua visão sobre o seu empreendimento será ampliada, pois você terá a visão daqueles que consomem o seu produto e/ou serviço. Com as respostas coletadas e análise feita, irá conseguir alavancar sua empresa, levando-a para a direção certa.

Agora que você já sabe como utilizar essa ferramenta estratégica e todas as vantagens que ela traz, é hora de colocar em prática! 

Como diria Paulo Freire, “Não há ensino sem pesquisa e pesquisa sem ensino.”

Ficou com alguma dúvida ou precisa de ajuda para aplicar a pesquisa de satisfação na sua empresa? Nós podemos ajudá-lo!

Entre em contato conosco através do número (11) 96633-4295 ou envie um e-mail para contato@mazzolanet.com.br .

Temos uma equipe especializada em marketing e planejamento estratégico. Teremos o maior prazer em ajudar!

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com outras pessoas!

Não esqueça de deixar seu comentário aqui embaixo, sua opinião é extremamente importante para nós! Até o próximo artigo! 😉

Redação por: Gisele Rossani, processo Comercial e Marketing da Mazzola Contabilidade. Graduação em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela UNIP de Jundiaí.
Revisão por: Gabriella Silva, processo Contábil da Mazzola Contabilidade. Cursando Ensino Superior em Ciências Contábeis pela UNIP de Jundiaí.

Análise SWOT – O que é e como aplicar dentro da sua empresa

“A maioria das pessoas não planeja fracassar, fracassa por não planejar.”

É com essa frase de John L. Beckley que começo este texto.

Ser empreendedor em pleno século XXI, num mundo globalizado, repleto de incertezas e alta competitividade, não é uma tarefa fácil. Por isso, o planejamento estratégico é um grande aliado.

Através de um bom planejamento, é possível ampliar a visão perante o mercado e organizar todas as etapas para que possam ser alcançados todos os objetivos.

E é aí que entra a Análise SWOT!

Você já ouviu falar nela? Sabe do que se trata? Sabe qual a importância dela para garantir o sucesso de uma empresa? Se a sua resposta for não, ou quiser aprender um pouco mais sobre o assunto, continue comigo neste artigo.

O que é análise SWOT?

A análise SWOT (abreviação das palavras em inglês Strengths, Weaknesses, Opportunities e Threats, que significam Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças), conhecida também como análise FOFA, ou ainda matriz SWOT, é uma ferramenta de planejamento estratégico utilizada no marketing, em consultorias e no âmbito empresarial. Funciona como método de avaliação dos ambientes interno e externo de uma empresa e mercado, com o propósito de definir estratégias a partir de suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças, e ajudar na tomada de decisões mais assertivas.

Além disso, ao realizar a análise SWOT, é possível extrair um diagnóstico completo do negócio e do ambiente à sua volta:

“O objetivo da SWOT é definir estratégias para manter pontos fortes, reduzir a intensidade de pontos fracos, aproveitando as oportunidades e protegendo-se de ameaças.” (Vana, Monteiro & Veloch)

A SWOT é dividida da seguinte forma:

  • Ambiente Interno: O ambiente interno diz respeito aos fatores que englobam a empresa, na qual é possível ter controle de tudo que a envolve. Dentro deste ambiente estão as forças e as fraquezas.
  • Ambiente Externo: Já o ambiente externo refere-se aos fatores incontroláveis e que impactam o seu negócio, tais como, economia, legislação, tecnologia, concorrência, política, entre outros. Neste ambiente estão as oportunidades e as ameaças.

Agora que você já sabe o que é a análise SWOT, qual seu objetivo e como ela é dividida, vamos nos aprofundar um pouco mais nas 4 variáveis principais que compõem a matriz. São elas:

Forças:

As forças são as variáveis que fazem parte do ambiente interno, e que podem ser consideradas como vantagem competitiva perante os seus concorrentes. Dentre os pontos que podem ser levados em consideração estão a localização da empresa, certificações, reputação, tempo de mercado, qualidade do produto/serviço, equipe bem treinada, entre outros.

Fraquezas:

As fraquezas são as variáveis que também fazem parte do ambiente interno, porém são consideradas pontos críticos e vulneráveis, e desvantagem perante a concorrência.

Oportunidades:

As oportunidades fazem parte do ambiente externo e são os pontos que, quando conhecidos e aproveitados, podem favorecer a sua empresa.

Ameaças:

As ameaças são variáveis incontroláveis do ambiente externo e são responsáveis por criar obstáculos e afetar a sua empresa. Quando as ameaças são identificadas no início, podem ser trabalhadas num plano de ação, para impedir que prejudiquem a sua empresa.

Quais os benefícios de fazer uma análise SWOT dentro de uma empresa?

Como mencionado anteriormente, a SWOT permite ter uma visão ampla sobre o seu negócio e o ambiente à sua volta, o que traz benefícios como:

  • Ajuda na tomada de decisões;
  • Amplia a visão sobre o seu negócio e mercado;
  • Permite corrigir falhas;
  • Ajuda na definição de estratégias;
  • Permite identificar oportunidades e ameaças no mercado;
  • Ajuda a alcançar melhores resultados.

Vamos aprender a colocar em prática essa análise dentro da sua empresa?

  1. Liste todas as suas forças;
  2. Enumere todos os seus pontos fracos e que precisam ser melhorados;
  3. Descubra quais são as suas oportunidades de mercado e que podem ser aproveitadas no seu negócio;
  4. Mapeie as ameaças que impactam diretamente na sua empresa;
  5. Analise com calma todos esses fatores e escolha de 3 a 6 de cada variável;
  6. Defina estratégias a partir da combinação das suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.

Uma vez que você sabe como utilizar essa ferramenta estratégica e todas as vantagens que ela traz, é hora de colocar em prática!

Lembre-se: esse tipo de análise pode ser aplicado em todos os segmentos e portes de empresas. Não importa se você tem uma empresa de grande porte ou apenas uma microempresa. Aplique a análise SWOT dentro da sua empresa e garanta o sucesso dela.

Ficou com alguma dúvida ou precisa de ajuda para aplicar essa matriz na sua empresa? Nós podemos ajudá-lo!

Entre em contato conosco através do número (11) 96633-4295 ou envie um e-mail para contato@mazzolanet.com.br .

Temos uma equipe especializada em marketing e planejamento estratégico. Teremos o maior prazer em ajudar!

Gostou deste conteúdo? Compartilhe com outras pessoas!

Não esqueça de deixar seu comentário aqui embaixo, sua opinião é extremamente importante para nós! Até o próximo artigo! 😉

Redação por: Gisele Rossani, processo Comercial e Marketing da Mazzola Contabilidade. Graduação em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela UNIP de Jundiaí
Revisão por: Pedro Paulo Gomes Ribeiro, processo Administração de Pessoal da Mazzola Contabilidade. Bacharel em Linguística, com especialização em Português e Espanhol pela Universidade de São Paulo.

WhatsApp para pequenos negócios: Aprenda a dominar a ferramenta

O WhatsApp para empresas, também conhecido como WhatsApp Business, é uma versão do aplicativo gratuita voltada para pequenas empresas com o objetivo de melhorar a conexão delas com os clientes. A ideia do app é tornar a comunicação mais fácil, trazendo mais credibilidade e profissionalismo para as empresas e mais segurança para os clientes que utilizam o aplicativo.

E aí você me pergunta,

‘’Mas de que forma essa versão do aplicativo pode ajudar no meu negócio?’’

Cada vez mais as pessoas querem soluções na palma de suas mãos. Além de credibilidade, segurança e profissionalismo você estará construindo:

  • Um relacionamento mais próximo com o seu cliente;
  • Atendimento à consulta de clientes de maneira mais personalizada;
  • Oferta de descontos e promoções especiais;
  • Recebimento e atendimento de pedidos de maneira direta;
  • Coleta de informações pós-venda;
  • Informação ao consumidor sobre novidades de produtos e serviços;
  • Resolução de possíveis incidentes de uma maneira mais próxima e humanizada.

Porém, não é aconselhável que você bombardeie seu cliente de mensagens sem uma estratégia específica, pois isso só vai gerar um sentimento de raiva contra sua empresa. É preciso construir uma dinâmica de identificação, confiança e reciprocidade, principalmente quando se trata de fidelizar o cliente. Mas antes de falar sobre as estratégias vamos conhecer um pouco das funcionalidades que o app oferece:

  1. FUNCIONALIDADES:

Comece baixando o app na loja de aplicativos do seu celular (AppleStore / PlayStore) e em seguida você iniciará criando o seu Perfil Comercial:

                – Preencha todos os dados da sua empresa: nome, endereço, categoria, descrição e coloque a sua logotipo na foto de perfil.

–  Automação de mensagens: com esse recurso é possível criar mensagens automáticas, tornando a comunicação mais rápida sem que você precise escrever novos textos a cada nova conversa. Um exemplo são mensagens de saudação ou uma informação essencial para adiantar o atendimento. Aproveite e faça uma boa introdução enquanto o seu cliente aguarda o atendimento.

Etiquetas: essa funcionalidade permite que você categorize conversas e grupos, tornando o aplicativo mais organizado e melhorando sua usabilidade. (Por exemplo: clientes em atendimento / clientes em orçamento / cliente aguardando entrega).

–  Catálogo: Permite que você inclua produtos ou serviços que fornece e estes podem ser consultados pelo cliente. Nele você consegue adicionar imagens e preços, o processo é simples e uma vez criado é possível compartilhar com o seu cliente apenas através do encaminhamento.

2. ESTRATÉGIAS:

Feito o cadastro e todas as personalizações que deseja, vamos às estratégias que você pode utilizar para o seu negócio nessa ferramenta. Assim como toda estratégia de marketing, é primordial planejar muito bem como serão as suas ações para promover o seu negócio e ajudar os seus clientes. Primeiro, tenha em mente qual é o seu objetivo, em seguida o que será feito; e qual retorno você espera. Em seguida vamos às estratégias que você pode utilizar:

  • Seja pessoal e envie mensagens personalizadas: Utilize o primeiro nome do contato no início da mensagem e envie um conteúdo que realmente possa interessá-lo.
  • Comunique, mas não seja invasivo. Justamente por ser um meio de comunicação mais íntimo, mantenha o fluxo de publicações mais baixo.
  • Estratégia multicanal: Você pode conciliar o Whatsapp com divulgação nas redes sociais e produção de conteúdo para ser encontrado mais facilmente, além de anúncios no Google.
  • Faça vendas diretas pelo app: Utilize a ferramenta catálogo para apresentar o seu produto, coloque todas as informações. (Isso vale para serviço também)
  • Encante através do Pós-venda: Faça um trabalho de pós-venda questionando se ele foi bem atendido, se teve uma boa experiência para adquirir o produto ou serviço. Disponibilize o canal para oferecer suporte ao seu cliente.
  • Utilize o status para divulgação e promoções: essa ferramenta fica mais livre para você fazer a sua divulgação porque ela será vista apenas por quem tem interesse.

E NÃO ESQUEÇA,regra nº 1 de sucesso no seu Whatsapp Business: Peça autorização antes de enviar conteúdo.

Utilize a ferramenta de forma consciente, não transforme a relação com o seu cliente em algo negativo, peça autorização antes de adicioná-los no seu WhatsApp Business ou enviar seus conteúdos. É essencial que você não envie informações ou, até mesmo, entre em contato sem a autorização do cliente. Isso pode gerar ruídos na comunicação e ele pode ficar bastante irritado, criando uma experiência negativa.

Bom, por hoje é só! Espero que este conteúdo tenha ajudado você e sua empresa de alguma forma. Nosso objetivo é sempre tentar plantar uma sementinha boa e despertar o empreendedor de sucesso que existe em você! Acredite em você e conte conosco para fazer o seu negócio decolar. Qualquer dúvida deixe nos comentários que teremos prazer em respondê-los.

Redação por: Juliana Marinho Farias, processo Fiscal da Mazzola Contabilidade. Graduação em Ciências Contábeis pela Estácio.
Revisão por: Daiane Alegro Guido, processo Financeiro da Mazzola Contabilidade. Graduação em Ciências Contábeis pela Anhanguera, e Pós Graduação em Controladoria e Finanças pelo SENAC.

Como utilizar o Instagram para alavancar o seu negócio

O Instagram se tornou uma das redes sociais mais utilizadas em todo o mundo, são mais de 1 bilhão de usuários ativos por mês. Várias empresas do mundo todo já usam o Instagram para melhorar os seus ganhos. E o melhor: é uma ferramenta gratuita! No post de hoje, você vai saber por que o Instagram é uma boa plataforma online para muitos negócios e como o seu pode ser beneficiado com isso.

O Instagram é uma rede social gratuita, focada principalmente no compartilhamento de imagens e vídeos. No entanto, nos últimos anos, têm sido liberadas cada vez mais ferramentas que podem ajudar diversos empreendedores a venderem os seus produtos ou serviços.  Apesar de ser uma ferramenta gratuita e de fácil utilização, existem muitas empresas que ainda precisam aproveitar o que o Instagram tem a oferecer. Se esse é o seu caso, continue lendo este post!

Ao criar o seu perfil na plataforma, é possível optar por uma conta comercial. Nela você poderá inserir informações de contato do seu negócio, como e-mail, telefone e endereço físico. Aproveite esses recursos e faça do seu Instagram uma revista online do seu negócio! Aqui vão algumas dicas para você começar o seu perfil:

  • Coloque uma foto de boa qualidade com a logomarca da sua empresa;
  • Faça uma biografia simples e direta sobre o que a sua empresa faz;
  • Direcione o público para os seus outros canais: adicione o link do seu site ou fanpage na sua biografia.

Perfil criado, agora é hora de pensar no conteúdo!

No Instagram, imagem é tudo! Não adianta ir para o Instagram e publicar imagens de baixa qualidade, com conteúdos que não foram bem pensados. Para ter uma presença profissional, você precisa ter uma identidade visual organizada.

O ideal seria contratar alguém especializado para criar o conteúdo, mas caso não seja possível efetuar tal investimento, existem algumas plataformas gratuitas que podem ajudar. Uma boa sugestão é o aplicativo Canva, nele é possível criar imagens de qualidade profissional de forma simples e prática. No próprio Instagram também existe uma série de perfis de pessoas que ensinam sobre a ferramenta. Na aba de busca, digite ‘’Instagram para Negócios’’, e lá vão aparecer várias opções de perfis. 

Na hora de decidir quais conteúdos postar, lembre-se de fazer isso de forma estratégica. É importante refletir: que tipo de pessoa a minha empresa ajuda? De que forma? Fazendo o quê? Que dicas eu poderia dar para ajudar esse potencial cliente?

Abaixo estão listados alguns exemplos de postagens que você pode utilizar para criar uma conexão com o seu público e assim atrair interesse para o seu produto:

  • Dê dicas diárias e práticas;
  • Faça uma enquete sobre seu nicho na ferramenta ‘’Story’’;
  • Publique notícias atuais e relevantes dentro do seu nicho;
  • Use as funcionalidades do app (enquete, perguntas, adicione músicas, localização);
  • Dê dicas de vídeos, séries, livros e podcasts;
  • Mostre os depoimentos dos clientes (abra uma caixinha de perguntas e peça feedback dos seus clientes);
  • Poste fotos de clientes utilizando os seus produtos;
  • Conte a história da sua marca através de fotos que mostrem a essência do seu negócio.

Com essas dicas, você já consegue ter um excelente começo!

Seja curioso(a): pesquise perfis do mesmo segmento que o seu e estude seus concorrentes. Também é interessante estudar perfis de outros segmentos para incrementar o seu repertório com novas ideias.

Outra dica importante para que o seu perfil dê o retorno que você espera é gerar engajamento. Mas o que seria isso? É a forma como as pessoas interagem com os conteúdos publicados em redes sociais. As interações indicam que os assuntos abordados são interessantes para aquele público e, por isso, os algoritmos da rede tendem a entregar o seu conteúdo para que mais pessoas vejam.

E para isso, existem estratégias que ajudam a aumentar esse engajamento. Abaixo, seguem algumas que podem auxiliar:

  1. Crie conteúdo de alta qualidade;
  2. Seja consistente;
  3. Mostre os bastidores;
  4. Humanize o seu perfil;
  5. Crie anúncios direcionados para o seu público-alvo (Instagram Ads);
  6. Utilize os stories para alcançar mais pessoas.

E a lição mais importante: pessoas se conectam com pessoas! Ser presente, constante, relevante, gerar valor, ser admirado e desejado, é uma estratégia de branding. Se você quer vender, precisa criar conexão emocional com o seu público-alvo.

Gostou do post de hoje? Ficou com alguma dúvida ou quer compartilhar sua experiência? Deixe um comentário, ficaremos muito felizes em ajudá-lo(a)!

Redação por: Juliana Marinho Farias, processo Fiscal da Mazzola Contabilidade. Graduação em Ciências Contábeis pela Estácio.
Revisão por: Pedro Paulo Gomes Ribeiro, processo Administração de Pessoal da Mazzola Contabilidade. Bacharel em Linguística, com especialização em Português e Espanhol pela Universidade de São Paulo.

FACEBOOK ADS – Os 7 segredos dos grandes players do marketing digital

Vamos falar um pouco sobre Facebook ADS e entender como os grandes players do marketing digital conseguem ter resultados surpreendentes?

Mas antes, o que é Facebook ADS?

Facebook ADS é a maior ferramenta de marketing digital que existe no mercado, com ela é possível gerenciar quem vai receber sua mensagem, quando e onde irá recebê-la. Isso porque o Facebook, há alguns anos e por alguns bilhões de dólares, também é o proprietário do Instagram. Assim, fazendo um anúncio usando o Facebook ADS, você poderá anunciar em ambas as redes sociais.

Com esta grande ferramenta, é possível encaminhar suas mensagens diretamente para o seu público-alvo, requisito fundamental para uma campanha de marketing de qualidade nas redes sociais.

É interessante notar como o mundo mudou rapidamente com a chegada das ferramentas digitais, por isso, estar fora deste mercado é estar fora do alcance de potenciais clientes para o seu negócio.

Neste artigo, vamos abordar os 7 segredos dos grandes players do marketing digital. Logicamente, não será uma aula ou um passo a passo de como criar suas campanhas de anúncios no Facebook/Instagram, mas são dicas valiosas que poderão render 6 dígitos em 30 dias, podendo chegar até 6 dígitos em 7 dias, dependendo da campanha a ser executada.

Fique comigo, no final darei uma dica de como se aprofundar nesta ferramenta para se tornar um expert em Facebook ADS.

Quando falamos em 6 dígitos em 30 dias, estamos falando de um faturamento de 100 mil reais. E este é o sonho de muitas pessoas que querem vender seus produtos digitais no grande mundo cibernético que vivemos atualmente. Mas será que é possível conquistar um 6 em 30?

Sim, é possível, mas o que muita gente se esquece é que para fazer um 6 em 30 precisa colocar na conta os custos envolvidos com essa operação. Sendo assim, esses 100 mil reais não são de lucro, boa parte desse valor foi investido em marketing digital, e muitas vezes no Facebook / Instagram.

Outra observação que se deve colocar é que o 6 em 30 não acontece da noite para o dia, isto é, não é no primeiro mês de anúncios que você consegue chegar a esta marca. Por isso, antes de iniciar no marketing digital, tenha a plena certeza de que as coisas não acontecerão rapidamente, e que a paciência, os testes e os estudos são os melhores amigos da performance.

Mas vamos ao que interessa, os maiores segredos dos grandes players do marketing digital:

1-) Segredo n° 1 – A embalagem do seu produto é a parte fundamental da sua campanha de marketing!

  • Quando falamos em embalagem para anúncios no Facebook e Instagram, temos que pensar em imagens ou vídeos criativos, que despertem o interesse da sua audiência em menos de 3 segundos;
  • Sim, 3 segundos, esse é o tempo que a pessoa “rola” para baixo o feed ou pula para o próximo storie;
  • Criatividade é o combustível para sua embalagem.

2-) Segredo n° 2 – Você realmente sabe quem é a sua audiência?

  • Um dos pontos principais para uma boa campanha é saber para qual público vão chegar os seus anúncios. Por isso, saber qual o interesse dele, a faixa etária e a localização, são extremamente importantes na hora de criar sua campanha;
  • Se você tem uma lista de clientes com e-mail ou telefone, ela pode ser usada para criar um público personalizado e, a partir desta lista, criar um público semelhante. E esse é um dos maiores trunfos na hora de vender;
  • Crie seu público “lookalike” no Facebook, que é um público que se parece com sua lista de clientes ou com sua lista de interesses. Porém, coloque somente de 0 a 1%, para que sua métrica seja mais certeira;
  • De nada adianta que seus anúncios cheguem para 30 milhões de pessoas. Restrinja seu público ao menor possível, mas para quem esteja realmente interessado em comprar seu produto.

3-) Segredo n° 3 – Você tem instalado o pixel do Facebook no link do anúncio?

Primeiramente, o que é pixel do Facebook? O pixel do Facebook nada mais é do que um código (script) que é instalado no link do anúncio. Ele se transforma em uma poderosa ferramenta de análise dentro próprio Facebook, que vai permitir que o anunciante analise, avalie e mensure sua publicidade, entendendo como suas campanhas estão sendo exibidas e se são exibidas para as pessoas certas.

4-) Segredo n° 4 – Modelo de Campanha 1-5-3

  • Não basta apenas criar uma campanha, ela precisa ter um bom critério para chegar à sua audiência. E é neste ponto que muitas pessoas falham e perdem dinheiro, por isso, usar o modelo de campanha 1-5-3 vai fazer você ganhar mais audiência para sua publicidade;
  • Mas afinal, o que é campanha 1-5-3? Esse modelo significa que, para cada campanha que for criada, você precisará ter 5 conjuntos de anúncios, e em cada conjunto de anúncios, precisará ter 3 anúncios;
  • Cada anúncio precisa ter uma imagem ou vídeo criativo diferente (segredo n° 1). Eles podem ser os mesmos em cada conjunto de anúncios;
  • O conjunto de anúncios é onde configuramos qual será nosso público-alvo, ou seja, quais são seus interesses, a sua faixa etária e a sua localização. É no conjunto de anúncios que você configura também o valor a ser gasto diariamente com os anúncios a serem veiculados (o mínimo é 1 dólar);
  • Cada conjunto de anúncios deve ter, no máximo, 2 assuntos de interesse do seu público, pois dessa forma a métrica da análise do anúncio fica mais real e o anúncio consegue chegar para o maior número de pessoas pelo seu interesse.

5-) Segredo n° 5 – Remarketing

  • Muitas vezes, uma pessoa vê seu anúncio, entra no seu link, vai até a página de compras, coloca no carrinho, mas desiste no final. Quantas vezes você já fez isso, hein?
  • Você já conseguiu convencer o emocional da pessoa, porém a razão ainda não foi convencida. E é na campanha de remarketing que você consegue quebrar as objeções, pois “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”;
  • Nas campanhas de remarketing, você precisa demonstrar à pessoa que seu produto é ideal para ela, e que irá se arrepender se não comprar.

6-) Segredo n° 6 – Sequência de e-mail por isca digital

  • Agora começamos a profissionalizar nossa campanha, e essa, sem dúvida nenhuma, é uma das melhores estratégias para convencer a razão da pessoa a comprar seu produto;
  • Primeiro, você cria uma página de captura de e-mail da sua audiência, prometendo entregar gratuitamente algo que vai agregar para ela;
  • Porém, esse conteúdo não pode ser qualquer coisa, tem que ser algo de valor, tem que ser algo que a faça pensar: “Se o conteúdo gratuito é tão bom assim, imagina como será o conteúdo pago?”.
  • Entregue um ebook, uma aula grátis, um conteúdo, algo que proporcione uma mudança para sua audiência;
  • Nesse momento, você captura o e-mail do seu público-alvo e, a partir de então, começa a enviar uma sequência de e-mails. Será um e-mail por dia para a pessoa, e a cada dia falando do produto e dos seus benefícios. Lembre-se, você já conquistou o emocional dela, agora precisa conquistar a razão.

7-) Segredo n° 7 – Funil Perpétuo

  • Criando a consistência tão desejada dos seus anúncios, o funil de vendas perpétuo é a tão sonhada venda no automático. Significa que você já possui uma grande métrica daquilo que funciona nos seus anúncios, já possui vendas significativas dos seus produtos e já possui público de interesse definido. Agora, é hora de criar o público que seja parecido com o que já comprou ou já teve interação com o seu site. Dessa forma, o algoritmo do Facebook / Instagram consegue interpretar com mais exatidão para quem enviar seus anúncios;
  • No funil perpétuo, você já consegue trabalhar com robôs de venda pelo Facebook com interação pelo Messenger;
  • Para criar seu robô de vendas, procure no google: ManyChat. Com este site, você conseguirá criar uma estrutura bastante interessante para vender no automático;
  • Mas caso você queira uma estrutura de robôs já pronta, somente para copiar e colar, conheça o curso do Luiz Silva sobre criação de robôs para Messenger, Instagram e WhatsApp (veja neste link).

E assim, finalizamos os 7 segredos dos grandes players do marketing digital. Logicamente que este artigo foi somente uma introdução ao Facebook ADS, mas como citei anteriormente, a minha dica e a minha indicação de curso é um verdadeiro achado da internet.

Nas minhas andanças pelo mundo digital, encontrei Silvio Roberto, profissional e expert em gestão de tráfego. Aprendi muito com suas dicas, com sua metodologia e com suas aulas, sempre objetivas e claras. E o melhor de tudo, encontrei um curso completo de Facebook ADS por apenas R$ 97,00 (clique neste link e confira o treinamento Combo 10K).

Muito obrigado por ter me acompanhado até aqui. Espero ter agregado valor aos seus conhecimentos.  Sucesso com o marketing digital!

Se você curtiu este artigo, comente, deixe seu like, compartilhe e recomende. Vamos criar uma comunidade digital com conteúdo de valor!

Abraço e até a próxima!

Redação por: Rodolfo Mazzola, sócio da Mazzola Contabilidade e Mazzola Soluções.; Graduação em Ciências da Computação e Ciências Contábeis pelo Unianchieta.
Revisão por: Pedro Paulo Gomes Ribeiro, processo Administração de Pessoal da Mazzola Contabilidade. Bacharel em Linguística, com especialização em Português e Espanhol pela Universidade de São Paulo.

Como atrair novos clientes

Em tempos de pandemia, muitos empresários devem estar se perguntando: o que devo fazer para atrair novos clientes, fechar novos contratos e/ou estabelecer novas parcerias? Diante da pergunta, que obviamente não tem resposta certa, muitos empresários acabam paralisando ou caindo em contradição e desespero, e a primeira coisa que vem à mente é: “Vou colocar tudo em promoção” (queima de estoque), podendo gerar perdas, pois baixar o preço diminuiu a margem de lucro, colocando seu negócio muitas vezes em risco de liquidez e dificuldades de capital de giro, sem falar que preço baixo não fideliza clientes, pois quem vem por preço, por preço vai embora.

O que atrai e fideliza clientes é a qualidade dos produtos e serviços prestados, a resoluções de problemas e o valor que sua empresa gera para o cliente. Por isso, tenha um diferencial, crie sua vantagem competitiva!

E aqui, quero trazer uma ideia polêmica: Deixe o cliente correr atrás de você. Como assim? Correr atrás… é loucura, não existe isso!!! Existe SIM, e posso dar algumas dicas de como fazer isso.

Em primeiro lugar, faça uma avaliação dos erros que possivelmente esteja cometendo na condução da sua empresa (para ler o texto 10 erros que impedem sua empresa de crescer clique aqui);

Tenha produtos e serviços diferenciados, sempre mantendo a qualidade;

Adote comportamentos para cativar seus clientes de maneira inovadora;

Use uma abordagem eficaz para entender o que ele está procurando e o auxilie de maneira clara e objetiva;

Garanta um atendimento personalizado;

Crie estratégias usando sua experiência, afinal de contas, ninguém melhor do que você para conhecer seus produtos, serviços e o perfil do seus clientes, sempre buscando novidades que se adaptam ao cenário atual (para ler o texto 7 dicas para as empresas comerciais impulsionarem suas vendas durante o “novo normal” clique aqui);

Divulgue o seu produto ou serviço para que seu público alvo te encontre e conheça a qualidade e o diferencial que você tem. Como você viu nos textos sugeridos acima, é indispensável garantir a presença do seu negócio no mundo digital. Passamos horas do nosso dia conectados, a quantidade e a velocidade que a informação chega até nossas mãos é gigantesca. Se hoje, seus produtos e/ou serviços não estão na mídia, com certeza será esquecido.

Já foi o tempo em que você pegava uma lista telefônica para procurar um dentista, um depósito de gás 24h, ou até mesmo procurar um veterinário para seu animalzinho de estimação.

Com a evolução tecnológica, basta apenas um click em seu smartphone, para fazer buscas rápidas de tudo o que precisa, seja  através de aplicativos específicos, assistentes virtuais, ou até mesmo através das inúmeras propagandas digitais com informações e variedades, podendo inclusive consultar o nível de satisfação de outros clientes que já compraram o produto ou serviço.

Para se manter à frente da concorrência, se destacar e fazer com que os clientes procurem você, tenha uma boa estratégia de marketing e opte por usar ferramentas disponíveis no mercado, que podem oferecer bons resultados a um custo relativamente baixo se comparado a outras formas tradicionais de divulgação. (para ler o texto Entenda a importância de ter a sua empresa no Google Meu Negócio clique aqui  e para ler o texto 5 Dicas para divulgar e vender no Instagram clique aqui).

Procure atrair clientes potenciais através de anúncios criativos, de conteúdos relevantes e imagens chamativas, e não se esqueça de manter uma frequência nas postagens. TUDO QUE SE ANUNCIA VENDE, basta manter a qualidade e um preço atraente e competitivo.

Por fim, saiba quem é o seu público alvo, e direcione suas ações para que ele te veja e venha até você. Para facilitar um pouco, quero apresentar uma metáfora que simboliza bem o diferencial de público-alvo:

Considere um pé de manga, carregado com a fruta e essas mangas simbolizam os clientes. Os clientes fáceis estão na parte baixa da mangueira, e que você alcança pegar com uma mão, sem dificuldade. Existem vários no mercado, porém, eles acabam mais rápido.

Os clientes que estão no meio da árvore, onde não se alcança com facilidade, já requerem um pouco mais de expertise, talvez usar uma escada ou escalar a árvore, se tiver habilidade para isso, mas com atenção e cuidado você consegue alcançá-los.

Agora as mangas maiores e mais doces, sempre ficam no topo da árvore, para pegá-las você precisa ter grande experiência, atenção e cuidado redobrado, e ter uma estratégia inteligente para alcançá-las, porém após chegar ao topo, perceberá o diferencial competitivo que criou para atingir o resultado.

Busque sempre as mangas mais doces, ou seja, os melhores clientes, que se tornarão fãs do seu produto e/ou serviço e que certamente, contribuirão para a divulgação da sua marca.

Espero que este artigo lhe ajude, e incentive a continuar trilhando este caminho tão complexo de ser empresário.

Deixe aqui no comentário alguma questão ou sugestão que poderemos utilizar para trocar novas experiências sobre o tema.

Redação por: Jonathan Lafuria, processo Fiscal da Mazzola Contabilidade, formado em Técnico de Contabilidade pela Anhanguera, cursando Gestão Comercial Pela Anhanguera Educacional. Revisão por: Daiane Alegro Guido, processo Financeiro da Mazzola Contabilidade. Graduação em Ciências Contábeis pela Anhanguera, e Pós Graduação em Controladoria e Finanças pelo SENAC.

Google Ads: Entenda o que é e por que investir

Quando pensamos em estratégias de marketing, vendas e propaganda no universo digital, logo pensamos em redes sociais (tais como Facebook e Instagram), e deduzimos que estas são as melhores e, às vezes, únicas opções que temos. Mas o que todos esquecem (ou não têm conhecimento), é que existe outra forma de anunciar que está tão presente em nossas vidas quanto as redes sociais: o Google!

O Google é uma empresa multinacional dos Estados Unidos, que oferece diversos serviços online, tais como Google Fotos, Google Tradutor, Google Maps, Google Meu Negócio (já temos um post aqui no blog falando sobre isso, para acessar clique aqui) e, o mais conhecido, a ferramenta de busca do Google.

A ferramenta de busca do Google é utilizada para diversas finalidades, dentre elas, fazer consultas para compra de produtos e serviços. São cerca de 3,3 bilhões de buscas realizadas diariamente no Google e mais de 90% das pessoas pesquisam na internet antes de comprar algo (seja de forma online ou nos estabelecimentos físicos).

E já que a grande maioria dos consumidores estão online, por que não utilizar isso a favor do seu negócio?

No post de hoje falarei sobre uma das ferramentas mais poderosas que temos dentro do Marketing Digital e que é um dos produtos mais rentáveis do Google: o Google Ads (ou antigo Google Adwords).

O Google Ads nada mais é do que uma ferramenta de marketing que permite que você crie anúncios para sua empresa com o objetivo de oferecer seu serviço/produto para os seus clientes em potencial no exato momento em que eles pesquisaram no Google o que você está ofertando, através de palavras-chaves e links de direcionamento.

Mas como o Google Ads funciona?

Sempre que alguém pesquisar algo na ferramenta de busca do Google, o Ads vai realizar um leilão pela palavra-chave pesquisada. A escolha das palavras-chaves, juntamente com o índice de qualidade e o lance de CPC, (Custo por Clique, ou seja, o quanto você está disposto a pagar por clique) irão determinar a posição em que o seu anúncio irá aparecer na página do buscador.

A ferramenta permite anunciar em diversas plataformas, tais como:

  • Rede de pesquisa: anúncios exibidos na rede de busca do Google;
  • Rede de display: anúncios exibidos em outros websites e blogs;
  • Google Shopping: anúncios exibidos na rede de busca do Google na opção shopping;
  • Youtube: anúncios exibidos dentro do Youtube, seja antes ou durante a exibição de um vídeo na plataforma;
  • Aplicativos: anúncios exibidos dentro da plataforma Google Play Store.

Além disso, a ferramenta disponibiliza os seguintes objetivos para a campanha:

  • Vendas;
  • Leads;
  • Tráfego do website;
  • Consideração de produtos e marcas;
  • Alcance e reconhecimento da marca.

Tudo depende do que você quer anunciar, para quem e com qual propósito. É necessário avaliar os diversos fatores que englobam a sua campanha, e escolher o mais adequado para garantir a efetividade do seu anúncio.

Separamos algumas vantagens e benefícios que se obtêm ao investir no Google Ads. Confira abaixo:

  • Eficiência: é como se diz: quem anuncia para todo mundo, não anuncia para ninguém. Através da escolha das palavras-chaves que irão compor o seu anúncio, será possível garantir que somente pessoas que tenham interesse no produto/serviço serão impactadas pelo seu anúncio;
  • Segmentação: você determina o seu público-alvo (idade, sexo, etc.) e geograficamente onde o anúncio será exibido (global ou local);
  • Mensagem assertiva: comunique-se com o seu público através de uma mensagem atrativa e que mostre que a sua empresa tem a “solução” para o “problema” do seu cliente em potencial;
  • Controle financeiro: você é quem determina o orçamento da sua campanha. Defina um orçamento mensal de acordo com o que você pode investir;
  • Relatórios e mensuração: a ferramenta ainda permite que você avalie o resultado da sua campanha através da geração de relatórios. Isso faz com que você consiga avaliar qual anúncio está dando certo, se as palavras-chaves escolhidas estão atraindo o público correto, entre outros.

Para finalizar, é importante ressaltar que para anunciar no Ads é possível utilizar tanto o link do seu website, quanto o link de uma rede social. Mas lembrando que, quando utilizado o link do seu site, ele traz uma análise mais completa.

Abra uma conta no Google Ads, produza uma campanha, defina seu objetivo, decida onde anunciar, segmente seu público, determine seu orçamento, escolha as palavras-chaves, crie sua mensagem e avalie os resultados.

Garanta que a sua empresa tenha uma presença digital e apareça para as pessoas certas, na hora certa, no lugar certo e com a mensagem certa. Invista em anúncio no Google Ads e garanta o sucesso do seu negócio!

E aí? A sua empresa investe no Google Ads? Compartilhe sua experiência aqui nos comentários.

Até o próximo post! 😉

Redação por: Gisele Rossani, processo Comercial e Marketing da Mazzola Contabilidade. Graduação em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela UNIP de Jundiaí. Revisão por: Pedro Paulo Gomes Ribeiro, processo Administração de Pessoal da Mazzola Contabilidade. Bacharel em Linguística, com especialização em Português e Espanhol pela Universidade de São Paulo.

Aprenda como anunciar seus produtos no OLX

No post de hoje, vamos aprender como anunciar produtos no marketplace mais conhecido da atualidade: A famosa OLX. Este marketplace vem crescendo cada vez mais nas redes sociais, e através da plataforma, você consegue anunciar qualquer produto ou serviço, de maneira prática, objetiva e gratuita.

Absorva bem as informações e divirta-se, pois a OLX é um aplicativo gratuito para download e tem fácil acesso, basta ter em mãos um smartphone, tablet ou notebook.

Os links para acesso e download são:

IOS Iphone

https://apps.apple.com/br/app/olx-comprar-e-vender-produtos/id692808319

Android https://play.google.com/store/apps/details?id=com.schibsted.bomnegocio.androidApp&hl=pt_BR

Desktop

www.olx.com.br

Já pensou em anunciar seus produtos em um site de venda e troca sem pagar nada por isso?

Quem pode anunciar na OLX?

Qualquer pessoa física, autônoma ou jurídica.

Quais informações são permitidas nos anúncios?

O nome da sua empresa e e-mail, e o grande diferencial, é possibilidade de colocar o número do seu WhatsApp. Com isso, captar o contato dos seus clientes fica mais fácil, além de facilitar a comunicação para possíveis dúvidas.

Anúncios profissionais (Jurídicos)

São considerados profissionais os anúncios feitos por pessoa jurídica com atividades comerciais, devendo ser observadas as exigências impostas por lei. A OLX reserva-se ao direito de decidir quando um anúncio ou conta deve ser classificado como profissional, e isso depende da quantidade de itens anunciados. Anunciantes que tenham simultaneamente mais que seis anúncios nas categorias de imóveis, veículos, barcos ou empregos, ou cem anúncios no total, serão considerados como profissionais.

Como funciona para anunciar na OLX?

É interessante entender que o anúncio de produtos é ilimitado. Mas, para anunciar nesta plataforma, é preciso conhecer algumas regras básicas.

As principais são:

O mesmo anúncio não pode ser publicado mais de uma vez e cada anúncio possui um prazo de validade de 01 a 60 dias.

O mesmo anúncio não pode ser publicado em diferentes categorias, por exemplo: automóvel na categoria de motos, peças automotivas ou outros serviços. Também não é permitido remover o anúncio e publicá-lo novamente dentro do mesmo mês.                                                      

Que informações você precisará para cadastrar e anunciar seu produto?

O produto pode ser cadastrado com o título e o nome e é importante ser claro objetivo para atrair clientes.                    

O marketplace da OLX não permite colocar links e sites de lojas externas, caso você faça isso, seu anúncio poderá ser recusado pela equipe de análise.

Os anúncios com imagens do produto são sete vezes mais eficientes e tem um maior número de visualização, em comparação com anúncios sem imagens ou com imagens de má qualidade.

A OLX não permite publicar vídeos, somente imagens, por isso, não economize nas fotos. Aguarde carregar a quantidade mínima, para incluir mais imagens detalhadas do seu produto.

A plataformadisponibiliza um chat online para esclarecer possíveis dúvidas sobre o produto ou serviço anunciado.

Uma dica é instalar oaplicativoem seu smartphone para receber notificações e mensagem sobre o produto anunciado e compartilhar o link pelo WhatsApp.

Também é possível monitorar quantas visualizações houve em seu anúncio.

Agora o desafio é: Cadastrar no mínimo 5 produtos na OLX e acompanhar até o final da semana como foi a procura pelo produto anunciado.

Informações de anúncios pagos da OLX:

Você pode comprar ou destacar seu anúncio extra no site, através do pagamento por boleto ou cartão de crédito.

Quando atingir a quantidade de anúncios gratuitos, ao efetuar a tentativa de inserir um novo anúncio, receberá a informação que já atingiu a quantidade de anúncios gratuitos do mês e para aquela categoria, então é possível adquirir um anúncio extra.

Caso desejar uma quantidade maior de anúncios ou destaque dos existentes, você verá outras opções de compra de anúncios extras, então, é só escolher a melhor opção para a sua necessidade.

Algumas opções para destaque de anúncios:

Básico: o anúncio retorna ao topo dos resultados de busca uma vez, no momento da contratação, pelo valor de R$22,99.

Prata: o anúncio retorna três vezes ao topo dos resultados de busca, e fica ativo na galeria por sete dias, a partir do momento da contratação, pelo valor de R$45,99.

Ouro: o anúncio retorna ao topo dos resultados de busca cinco vezes, uma vez por dia e durante os primeiros cinco dias, fica ativo na galeria por sete dias consecutivos, pelo valor de R$68,99.

Diamante: o anúncio retorna ao topo dos resultados de busca sete vezes, uma vez por dia, durante os sete dias, e ainda fica ativo na galeria e na galeria premium por sete dias consecutivos, pelo valor de R$114,99.           

Vale lembrar que para pagamentos em boleto é necessário que o preço do serviço contratado seja a partir de R$10,00. A ativação do anúncio ocorrerá em até dois dias úteis, após o pagamento, visto que o recebimento do valor precisa ser processado.

Seguindo o passo a passo, você obterá sucesso em um dos maiores sites de vendas do país.

Está pronto para anunciar na OLX? Então corre lá e desapega, desapega!!!

Espero que este post lhe ajude e incentive a continuar trilhando esse caminho tão complexo que é o do empresário.

Deixe aqui nos comentários alguma questão ou sugestão que poderemos utilizar para trocar novas experiências sobre o tema.

Redação por: Jonathan Lafuria, processo Fiscal da Mazzola Contabilidade, formado em Técnico de Contabilidade pela Anhanguera, cursando Gestão Comercial Pela Anhanguera Educacional. Revisão por: Daiane Alegro Guido, processo Financeiro da Mazzola Contabilidade. Graduação em Ciências Contábeis pela Anhanguera, e Pós Graduação em Controladoria e Finanças pelo SENAC.

Entenda a importância de ter a sua empresa no “Google Meu Negócio”

Hoje iremos falar sobre uma ferramenta de SEO e Marketing Digital gratuita que nem todas as pessoas conhecem, mas que deveriam conhecer.  Estou falando do “Google Meu Negócio”.

Já ouviu falar? Não? Sim, mas não sabe muito bem como utilizar? Então este artigo é para você.

Num mundo em que a tecnologia e a internet fazem parte de forma cada vez mais maciça das nossas vidas, garantir a presença digital da sua empresa é fundamental. Afinal, como dizem por aí: “Quem não está na internet, não existe!”.

Criada em 2014, a ferramenta “Google Meu Negócio” (disponível on-line e por aplicativo), possibilita que você crie, a partir de uma conta do Google – Gmail, um perfil do seu negócio que permite que você seja encontrado por clientes potenciais através da busca do Google e no Google Maps.

A ferramenta conta com diversas opções de informações que podem ser incluídas no perfil, tais como: localização, horário de funcionamento, região que atende seus clientes, fotos, produtos, serviços, contatos, website, entre outros. Quanto mais completo for o seu perfil, mais destaque e valor ele ganha com o consumidor. Quando falamos de negócios locais, eles são os mais beneficiados. Além disso, é possível realizar postagens, promoções e responder mensagens dos clientes.

Vivemos num mundo onde as pessoas deixaram de ser apenas consumidores, e passaram a ser consumidores 4.0. Este tipo de consumidor é caracterizado principalmente por pesquisar muito mais antes de comprar qualquer produto. Sendo assim, a ferramenta de busca do Google tornou-se um grande aliado desses consumidores. 

De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) para entender o perfil e os hábitos da jornada de compra de consumidores digitais das 27 capitais brasileiras, foi constatado que 97% buscam informações na internet antes de comprar em lojas físicas. Por isso, ter sua empresa inserida nesta ferramenta é fundamental para o sucesso do seu negócio.

Listamos abaixo algumas vantagens de ter a sua empresa no “Google Meu Negócio”:

  • Presença digital da sua empresa;
  • Ferramenta interligada com a maior plataforma de busca do mundo;
  • Serviço totalmente gratuito;
  • Os perfis de empresas cadastradas aparecem antes dos sites;
  • Maior destaque para a sua empresa;
  • Oportunidade para atrair novos clientes com o seu perfil;
  • Fácil de criar, atualizar e controlar seu perfil;
  • Permite utilizar fotos e postagens para promover o seu negócio;
  • Possibilita acompanhar os dados de análise da empresa e entender melhor seus clientes;
  • Capacidade de responder às avaliações dos clientes.

Com tantos pontos positivos e vantagens que o “Google Meu Negócio” oferece, fica quase impossível não criar um perfil do seu negócio.

Por isso, aproveite esta ferramenta para conseguir exposição e destaque nas páginas de busca do Google. Independentemente do porte ou segmento da sua empresa, invista no “Google Meu Negócio” e garanta a presença da sua marca na internet.

Esperamos que este post tenha te ajudado a pensar em mudanças e soluções para sua empresa.

Deixe aqui nos comentários alguma questão ou sugestão que poderemos utilizar para trocar novas experiências sobre o tema.

Até breve! 😉

Redação por: Gisele Rossani, processo Comercial e Marketing da Mazzola Contabilidade. Graduação em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela UNIP de Jundiaí. Revisão por: Pedro Paulo Gomes Ribeiro, processo Administração de Pessoal da Mazzola Contabilidade. Bacharel em Linguística, com especialização em Português e Espanhol pela Universidade de São Paulo.